domingo, 3 de julho de 2011

PROJETO: ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS




PROJETO: ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS


A HISTÓRIA

Era uma vez uma menina chamada Alice.
Numa tarde de verão, ela estava sob a sombra de uma árvore ao lado de sua irmã mais velha que lia um livro sem nenhuma figura...Achando aquilo muito chato, Alice foi ficando cada vez mais sonolenta....Quando de repente, apareceu um coelho apressado com enorme relógio exclamando!!!
- Oh, Pelos meus pêlos e bigodes! - gritou o coelho olhando para seu relógio de bolso. - Eu estou atrasado! Eu estou atrasado! Eu estou atrasado!
Perseguiu o coelho, mas este era muito rápido
e meteu-se num buraco muito fundo. De repente ficou tudo muito escuro e a menina sentiu que estava caindo...caindo...caindo...num poço que parecia não ter fim... Enquanto caia pelo buraco, teve tempo de observar uma porção de coisas esquisitas nas paredes: Lâmpadas e espelhos de cabeça para baixo e... Aí de repente PLAFT!!! tinha caído sentada,num monte de folhas secas.
Olhando ao redor ela viu uma pequena porta...quis passar mais não conseguiu, a porta era minúscula, havia por ali uma lata em que estava escrito COMA-ME. Abriu a lata mais que depressa e vendo que eram biscoitos começou a comer. Para surpresa de Alice, quanto mais ela comia, menor ficava em tamanho. Foi ficando pequenininha... pequenininha...e assim conseguiu passar pela portinha.
Chegou então ao País das Maravilhas. Saiu em um jardim, aonde havia flores falando e cantando. Isso a deixou super admirada, perguntou então as flores:
-Como posso crescer novamente??
Siga em frente responderam em coro.
Alice obedeceu,andou...andou...e encontrou, em cima de um cogumelo, um bichinho azul que lhe perguntou:
-Que deseja menina?
-Eu quero ser grande como eu era.Percebendo a tristeza de Alice, o bichinho azul disse:
-Coma do cogumelo,mas coma só do lado direito, senão você diminui.
Minutos depois de comer, Alice voltou ao seu tamanho normal, muito feliz ela levou consigo dois pedacinhos do cogumelo.
Alice avistou novamente o coelho numa casa, e se aproximou. Entrando na casa, viu uma caixa e um biscoito com o rótulo "Me coma : e então ela o comeu. -Oh não! De novo!... - gritou Alice enquanto sua cabeça batia no teto. Alice tinha crescido tanto que seus braços e pernas saíam pelas portas e janelas. Ela estava presa dentro da casa. E o coelho, em vez de ajudá-la, preferiu sair dali correndo. Então Alice mordeu uma cenoura... e ficou pequena de novo!
Então ela ouviu alguém cantando, e viu um par de olhos e uns dentes brilhando acima de sua cabeça. Devagarinho, o resto do corpo apareceu como que num passe de mágica. - Ora você é um gato!!
Gato Risonho! respondeu o gato antes que desaparecesse outra vez.Tudo que ficou dele foi seu sorriso malicioso.
-Mas pra onde deseja ir perguntou o gato? Se você está procurando pelo Coelho Branco, você deve perguntar pelo Chapeleiro Louco.

- Pode me indicar o caminho que devo seguir?
-Não sei... Hum!!!, a direita mora o chapéu, a esquerda mora a lebre maluca... Ah!! tanto faz menina, os dois são malucos disse o gato. Mas então tenho eu que viver entre doidos? Hum!!! Dê 30 passos pra frente, 30 passos pra direita e mais 30 passos pra esquerda. Ali tem uma árvore que orienta.
Sem entender nada, mas levada pela intuição, Alice chegou na casa da lebre maluca. O Chapeleiro Louco e sua amiga a Lebre Maluca estavam no meio de uma festa de desaniversário, quando Alice chegou. A mesa estava cheia de lugares vazios, mas quando Alice tentou se sentar, a Lebre Maluca gritou: Não tem lugar!! e depois lhe disse que era muito feio entrar numa festa sem ser convidada. Alice se desculpou. Sentou-se à mesa com os dois. Mais vinho Chapéu, perguntou a lebre. Oh!Oh! Sim querida, um pouco mais de leite sem manteiga com casca de pão, respondeu ele.
Aturdida, sem entender nada, Alice saiu dali em disparada. Esta é a festa mais estúpida que já vi em toda minha vida! Alice falou indo embora!
Depois de muito caminhar, encontrou finalmente o coelho. -
Alto, menina.
A Rainha está chegando!!
Vá embora!
Mais a frente, ela viu o soldado da rainha de copas, pintando de vermelho as flores brancas que ali existiam.
- Mas porque estão pintando de vermelho as flores brancas?
- Plantamos as flores brancas por engano.Como a rainha só gosta de flores vermelhas se não pintarmos as flores brancas de vermelho ela manda cortar nossas cabeças,responderam eles.
E de repente chegou a Rainha.
Sua Majestade Real, a rainha de Copas! -anunciou o Coelho Branco.
E depois em voz mais baixa, ele completou: - E o Rei.
A Rainha veio olhar seu jardim e só levou um segundo para perceber
que havia alguma coisa estranha com suas rosas. Ela encostou o dedo
em uma delas e gritou:
- Quem foi que pintou minhas rosas de vermelho?
Alguém vai perder a cabeça!
Foi então que a Rainha prestou atenção em Alice.
A Rainha quis jogar croqué com Alice.
Mas era o mais estranho jogo de croqué que Alice já havia jogado.
Alice estava perdendo feio até que apareceu o Gato Risonho de novo. Ele pensou que seria divertido fazer a Rainha cair de pernas para o ar.
A Rainha não viu quem fez aquilo ,mas gritou furiosa:
- A cabeça de alguém vai rolar por isso!
Depois olhando para Alice disse:
- A Sua!!
Mas Alice conseguiu fugir!!
E enquanto corria ouvia os gritos da Rainha: Cortem a cabeça dela!!!
E correu mais do que pode!!
Até que ouviu alguém chamando:
Alice, acorde!!!

Alice, quer fazer o favor de prestar atenção e repetir sua lição?
Era sua irmã mais velha...
E Alice despertou do seu sonho no País das Maravilhas!!!
Alice pegou Diná e acompanhou sua irmã, sentindo-se muito feliz ao estar de volta ao lugar que ela conhecia, junto de sua gata e sabendo com certeza qual era o caminho para sua casa.

Planejamento

O projeto está dividido em etapas. As atividades propostas em
cada etapa são sugestões, que poderão ser ampliadas segundo as
especificidades de cada comunidade escolar, para atingir os
objetivos do projeto.
Procedimentos para professores
Duração: duas semanas

Primeira etapa
Narração do início da História
O educador iniciará atividade contando para as crianças a história, se possível, faça uma “leitura dramatizada”).
Discuta a história com a classe.

- Há palavras desconhecidas?
- Há passagens que não ficaram claras?

Segunda etapa
- Explore a narrativa com os alunos até que não restem dúvidas.
- Motive-os a pesquisar seu significado.
- Anote todos os termos e seus significados l, para que eles organizem um dicionário.
- Liste com as crianças os nomes dos personagens.

Terceira etapa
- Organize as crianças em grupos e peça que cada um represente a
história de uma forma diferente: pode ser por meio de desenho,
montagem das personagens em massinha, dramatização, colagem,
pintura, etc. Promova uma exposição dos trabalhos dos alunos.
- Se possível, tire fotos das crianças trabalhando para montar um lindo painel e exponha os trabalhos das mesmas.

Quarta etapa
- Organize a classe para representar a história. Prepare o cenário e dramatize com eles.

PROFESSOR NÃO DEIXE DE VER O FILME COM SEUS ALUNOS.

IN: http://www.anatessari.hpg.ig.com.br//projescalice/index.

Nenhum comentário:

Postar um comentário