domingo, 15 de maio de 2011

O movimento na Educação Infantil.




TEMA
A criança em movimento.

3. JUSTIFICATIVA
Este projeto tem como finalidade trabalhar o movimento na Educação Infantil. A idéia do tema em destaque surgiu devido à necessidade dos próprios bebês, pois os mesmos estão indo para a creche cada vez mais cedo. A grande maioria ainda não fala, e, passam grande parte do dia olhando as mãos, tentando pegar os pés, sorrindo, chorando, balançando a cabeça, explorando o próprio corpo e comunicando-se do seu modo com quem está por perto.

Educar significa, portanto, propiciar situações de cuidados, brincadeiras e aprendizagens orientadas de forma integrada e que possam contribuir para o desenvolvimento das capacidades infantis de relação interpessoal, de ser e estar com os outros em uma atitude básica de aceitação, respeito e confiança, e o acesso, pelas crianças, aos conhecimentos mais amplos da realidade social e cultural. (BRASIL, 1998. p.21)

Nessa fase, a principal forma de linguagem é a ação. É desse modo que as crianças pequenas interagem com o meio, aprendem sobre si e sobre as pessoas que as rodeiam. Estimular a criança a pular, rolar, dar cambalhotas, correr, é fundamental para que os mesmos se relacionem com os colegas e descubram o mundo. E, é preciso fazer isso o tempo todo. Deste modo, é importante que na Educação Infantil o professor possa organizar situações e atividades em que as crianças possam conhecer e valorizar as possibilidades expressivas do próprio corpo. Assim, quanto maior a riqueza de estímulos que ela receber melhor será o seu desenvolvimento intelectual, afetivo e social.
O projeto será aplicado com a turma do Berçário I
4. OBJETIVO GERAL
• Possibilitar momentos de conhecimento e valorização da linguagem corporal;
5. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
• Manter o equilíbrio corporal em diferentes situações;
• Expressar-se utilizando a linguagem corporal;
• Explorar movimentos de língua, lábios e sopro;
• Executar exercícios propícios para a ampliação da motricidade.
6. SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM
• Diariamente as crianças serão recepcionadas com brinquedos e músicas infantis, tornando o ambiente alegre e descontraído, para que as mesmas possam sentir-se seguras e acolhidas.
• Após a chegada todos irão lavar as mãos e se preparar para o lanche, onde cada criança irá receber o seu determinado pelo cardápio do dia, após, receberão frutas através do auxílio da professora, neste momento a mesma cantará músicas relacionadas à hora do lanche.
• Depois do lanche as crianças serão direcionadas ao pátio, onde por meio de brincadeiras mediadas pela professora, as mesmas estarão interagindo com outros colegas.
• O momento da troca de fraldas será tranquilo e calmo, proporcionando um momento prazeroso de afetividade entre professor e aluno. Nesta ocasião, o professor fala os nomes das partes do corpo da criança, para que a mesma possa compreender um pouco a questão corporal.
• Após, as crianças receberão uma massagem relaxante com óleo ou balão, onde será colocada água em temperatura ambiente dentro da bexiga, e, em seguida, o bebe receberá uma massagem suave com movimentos circulares. Este momento irá acalmar e tranquilizar a criança, desenvolvendo um momento prazeroso, além de propiciar a consciência corporal.
• Após esta atividade, daremos continuidade as rotinas diárias
• Recepção das crianças, conforme a rotina da sala.
• Atividade com espelho. Neste momento, a professora fará expressões faciais como: alegre e triste, sorrindo e chorando, feio e bonito, incentivando a criança a imitá-la, após, a professora irá passar doce em torno do lábio da criança, para que a mesma possa retirá-lo com a língua exercitando movimentos que os ajudarão na fala.
• Montanha de almofadas. Nesta atividade a professora irá incentivar para que as crianças tentem “escalar” a montanha de almofadas. Esta tem como finalidade auxiliar no desenvolvimento do equilíbrio e desenvolvimento motor.
• Após esta atividade, daremos continuidade as rotinas diárias.
• Recepção das crianças, conforme rotina da sala.
• Atividade com caixa de papelão. Nesta atividade, a professora irá levar uma caixa decorarada, fazendo um carro com a mesma. Depois de pronta, colocaremos a criança dentro e a puxaremos pela sala em diversas velocidades. Esta atividade além de proporcionar o desenvolvimento psicomotor irá potencializar sua capacidade de adquirir confiança em si mesmo e nos outros.
• Após, as crianças receberão novamente uma massagem relaxante com óleo ou balão, propiciando um momento de tranquilidade e relaxamento. No momento da massagem a professora poderá falar sobre as funções do corpo “que pés lindos, vamos caminhar”, “esses braços servem para abraçar” e assim com outras partes do corpo.
• Com a finalização das atividades, iremos dar continuidade as rotinas diárias.
• Recepção das crianças, conforme rotina da sala.
• Atividade de instrumento musical, com tubo de papelão ou rolo de papel. A professora irá assoprar, cantar, falar dentro do cone, para que a criança tente imitá-la, descobrindo o novo objeto. Com esta atividade descontraída, a criança desenvolverá as capacidades sensoriais, psicomotoras e cognitivas, tendo maior controle da boca e melhorando a respiração.
• Com o auxilio da música “A Formiguinha”, estimular a criança a cantar e acompanhar fazendo gestos. Esta atividade ajudara a compreender as partes corporais e estimular o desenvolvimento da audição e visão.
• Após estas atividades daremos continuidade a rotina da sala.
• Recepção das crianças, conforme rotina da sala.
• Atividade do Túnel. Para realizar esta atividade, iremos utilizar mesas e cobertores. Quando o túnel estiver pronto, a professora estimulará a criança a passar por dentro do mesmo. A professora o estará esperando no fim do túnel com um brinquedo, pois, desse modo estará instigando a confiança do bebê. Esta atividade auxiliará na estimulação da imaginação e exploração do ambiente ao seu redor, além de desenvolver o equilíbrio.
• Após esta atividade, daremos continuidade a rotina da sala e as crianças irão passear pelo espaço escolar.
• Recepção das crianças, conforme rotina da sala.
• Atividade do balanço, onde cada criança irá ficar no balanço e a professora com dialogo movimentará em diferentes velocidades, para que se sinta seguro começar com movimentos mais lentos. Nesta atividade a criança melhorará sua capacidade sensorial, psicomotora e cognitiva.
• Em seguida, daremos continuidade a rotina da sala.
• Recepção das crianças, conforme a rotina da sala.
• Faremos a atividade da Fileira de Obstáculos. A professora irá distribuir brinquedos, cadeiras, caixas pela sala, criando obstáculos, estimulando a criança a passar pelos mesmos. Esta atividade irá estimular a manter o equilíbrio ao realizar diferentes atividades, aumentando o controle do desenvolvimento psicomotor.
• Em seguida, daremos continuidade a rotina da sala.
• Distribuição das lembrancinhas, que será uma flor de copo descartável, que de dentro dela sairá uma borboleta, onde a criança será estimulada a noções de dentro e fora, embaixo e em cima como em alguma das atividades realizadas.
7. AVALIAÇÃO
A avaliação será através de registro das atividades desenvolvidas, onde o professor avaliará a participação, o envolvimento, e as habilidades adquiridas.

8. RECURSOS
• Brinquedos;
• CDs;
• Óleo para massagem;
• Balão;
• Água;
• Espelho;
• Doce;
• DVD;
• Caixa de papelão;
• Tinta;
• Livros;
• Rolo de papel;
• Mesas;
• Cobertores,
• Lanterna;
• Lápis;
• Papeis;
• Corda;
• Bola;
• Palito de churrasquinho;
• Copo descartável,
• Bolinhas de isopor;
• Arame;
• E.v.a;
• Cola.


9. REFERÊNCIAS
http://alegriadosabermaternal.blogspot.com
http://www.augustolaranja.com.br
http://canalpedagogico.blogspot.com
http://www.educacaoadventista.org.br

http://revistaescola.abril.com.br

BATLLORI, Jorge, et. al. 150 JOGOS PARA A ESTIMULAÇÃO INFANTIL. São Paulo: Ciranda Cultural, 2009, 188 p.

Nenhum comentário:

Postar um comentário