terça-feira, 2 de março de 2010

Porque música na Escola?






Ouvir música faz parte da cultura da criança e do adolescente.

Ela dá identidade ao grupo de amigos, é companheira nos momentos de solidão e ajuda a moldar atitudes, comportamentos e caráter.

Mas que tipo de música é essa?

É o som que domina rádios, que toca na televisão.

E o jovem é o grande receptor desses produtos, o coral desempenha o papel de desenvolver a cultura musical do aluno.

Estabelecendo relações com grupos musicais da localidade, participando de eventos de cultura popular, shows, concertos e festivais.

Nessa idade, o adolescente deve ter acesso a diversos tipos de música para ampliar seu repertório.

Este projeto visa o bom relacionamento sócio-cultural de nossos alunos e bom relacionamento entre comunidade, escola e aluno. Auxiliar os adolescentes na área musical e psicológica e a prevenir contra o uso de drogas, prostituição infantil e todos os reflexos da periferia.

Tendo em vista a ocupação do tempo ocioso de nossas crianças e Adolescentes, e contribuindo para a não marginalização dos discentes, viu-se a necessidade de desenvolver uma atividade extracurricular da escola, que atraísse a sua participação.

Como a música faz parte do cotidiano de nossos alunos e é vista por eles como uma atividade prazerosa, propõe a criação de um Coral na escola, onde a partir da apresentação do projeto aos alunos de e seus responsáveis, foi aceito por unanimidade.

O trabalho consiste em oferecer aos nossos alunos aulas semanais, em horário oposto aos de estudo, atendendo cerca de 80 alunos de sua escola.



Objetivos



_ Desenvolver a percepção auditiva e a memória musical.

_ Pesquisas, explorar, compor e interpretar sons de diversas naturezas e procedência.

_ Utilizar e cuidar da voz como meio de expressão e comunicação musical.

_ Conhecer, apreciar e adotar atitudes de respeito diante da variedade de manifestações musicais do Brasil.

_ Estabelecer relações entre a música feita na escola, às veiculadas pela mídia e as que são produzidas localmente.

_ Conhecer usos e funções da música em épocas e sociedades distintas.

_ Desenvolver a percepção auditiva e a memória musical.



JUSTIFICATIVA



Este projeto surgiu da necessidade de oferecer as nossas crianças e jovens uma atividade extracurricular, que faz parte do dia a dia dos nossos alunos, independente de sua classe socioeconômica.

Propõe-se trabalhar Música Popular Brasileira, através de aulas de canto, onde serão trabalhados conteúdos integrantes do currículo escolar, enfatizando os temas transversais: cidadania, ética, pluralidade cultural, cultura afro-brasileira, Cultura ítalo-brasileira, meio ambiente, vida familiar e social de forma lúdica.

Neste projeto, visamos a diminuição de tempo ocioso do aluno, contribuindo para a não inserção do aluno na marginalização, na violência, ou qualquer outra atividade que venha inserir o aluno em atividades negativas para sua formação.

Com o coral sistematizamos o trabalho, para que possamos divulgar o trabalho para nossa comunidade e demais instâncias.

O desenvolvimento de todo o trabalho apresenta um custo para manter escrito e uniforme.

Este projeto tem contribuído muito para desenvolver a auto-estima, valorizar os dons apresentados para a musicalização e que tem contribuído muito para disciplina de nossos adolecentes.



OBJETIVOS ESPECÍFICOS:



- Desenvolver habilidades já existentes em nossos adolecentes na musicalização.

- Estruturar o grupo existente.

- Organizar apresentações da banda na comunidade local, e em outras regiões.

- Trabalhar o conteúdo curricular de forma lúdica.



METODOLOGIA:



O desenvolvimento do projeto consiste em aulas de instrumentos musicais e teoria, ministrado pelo maestro Sandro de Souza Gomes, em horário definido pela direção de cada escola. Obs. O horário livre é utilizado para aprender algum instrumento ou visitas a alunos faltosos.

Durante as aulas, trabalhamos temas como: respeito, convivência em grupo e postura. As letras das músicas são selecionadas através do interesse dos grupos de alunos, e com enfoque nos temas transversais incluídas no currículo escolar: ética, cidadania, pluralidade cultural, cultura afro-brasileira, cultura ítalo-brasileira, dentre outras.

Bimestralmente são realizadas reuniões de pais para avaliação dos trabalhos.

Um comentário: